Os diamantes são intemporais. Clássicos e elegantes, podem ser mais discretos ou exuberantes mas é certo que compõem um conjunto.

Cada diamante, poderá ser classificado e avaliado de acordo com os 4Cs –  cor (“color”), pureza (“clarity”), lapidação (“cut”) e peso em quilates (“carat  weight”) – estes, são os padrões globalmente aceites para avaliar a qualidade de um diamante. Conheça os 4Cs.

Os 4Cs

1. Lapidação

A Lapidação é considerada por muitos o elemento mais importante dos 4Cs. A lapidação (“cut”) refere-se à forma como as facetas do diamante interagem com a luz. A mesma é determinada por simetria, proporção e polimento. Mais do que qualquer outro fator, a lapidação determina a beleza da pedra.

Tipos de lapidações de diamantes

Podemos ter vários tipos de Lapidação possíveis:

Lapidação brilhante ( formato redondo )
Esta é a opção de Lapidação mais comum. É composta por 57 ou 58 facetas triangulares concebidas com o fim de optimização do brilho e retorno de luz.

Outras: Lapidação Esmeralda ( formato retangular ); Lapidação Navete ( formato losângulo oval); Lapidação Pêra ( formato pêra ); Lapidação Coração ( formato coração ); Lapidação Oval ( formato oval ); Lapidação Princesa ( formato quadrado )

2. Pureza

A pureza do diamante é uma medida que avalia as inclusões naturais da pedra. Uma pedra é avaliada como pura se, sob uma ampliação de dez vezes, nenhuma inclusão (impureza interna) e nenhuma mancha (impureza externa) forem visíveis.

Graus de Pureza

FL
Diamantes FL são puros (Flawless)

IF
Diamantes IF são internamente puros (Internally Flawless)

VVS1 VVS2
Diamantes VVS (1 e 2) têm inclusões mínimas (Very, Very Slightly Included)

VS1 VS2
Diamantes VS (1 e 2) têm inclusões muito pequenas (Very Slightly Included)

SI1 SI2
Diamantes SI (1 e 2) têm pequenas inclusões (Slightly Included)

I1 I2 I3
Diamantes I (1, 2 e 3) são imperfeitos (Imperfect)

3. Cor

A Cor refere-se ao tom natural inerente aos diamantes incolores. Na natureza, a maioria dos diamantes incolores tem tonalidade amarela. Quanto menos cor o diamante tiver, mais raro ele será. O padrão da indústria para classificar a cor é avaliar cada pedra ao lado de um conjunto de “pedras mestras” com iluminação específica e designar uma classificação entre as letras “D” (incolor) a “Z” (amarelo-claro).

A cor é a segunda característica mais importante dos 4Cs, porque a classificação da cor afeta diretamente a aparência da pedra.

Graus de Cor GIA

DEF
Incolor

GHIJ
Quase incolor

KLM
Amarelo fraco

NOPQR
Amarelo bem claro

STUVWXYZ
Amarelo-claro

Graus de Cor + Antigos

DE
River – R

FG
Top Wesselton – TW

H
Wesselton = W

I
Top Cristal = TC

J
Cristal = C

KL
Top Cape = TC

M
Cape = C

N
Low Cape = N

O-Z
Very Light Yellow – VLY

4. Quilate

Quilate refere-se ao peso do diamante, não à sua dimensão. Um quilate equivale a 0,20 gramas.

O peso em quilates pode parecer diferente entre diferentes formatos de diamantes, como brilhante, princesa, pera, oval, marquesa, esmeralda, radiante ou coração. Um diamante pode ter um peso em quilates maior sem parecer maior, e dois diamantes do mesmo peso em quilates podem ter tamanhos diferentes, se a lapidação de um for mais profunda do que a do outro. Em outras palavras, é importante observar que o peso em quilates não indica necessariamente o tamanho.

As dimensões apresentadas de seguida servem apenas para reflectir a proporcionalidade entre quilates. A imagem não reflete o tamanho real em quilates.

Encontre diversas sugestões de jóias com diamantes na Dara Jewels

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

18 − eighteen =